Mundo das Dicas

Cobalt 2012 2013 – Fotos, Preço e Consumo


Dicas de preço e consumo do novo Cobalt 2012 e 2013 e fotos

chevrolet cobalt Cobalt 2012 2013   Fotos, Preço e Consumo

O novo Cobalt agora em sua versão final á 600 concessionárias Chevrolet em todo o Brasil, o desenvolvimento do novo Cobalt 2012 e 2013 foi de acordo com a necessidade dos clientes, o novo carro foi constituído de dentro para fora com um design durador, agora com o preço de um carro compacto o novo Cobalt, com maciez no comando e conforto a bordo, um carro além das expectativas. Fruto de uma mistura de arquitetura global o Cobalt foi produzido tecnologicamente pelo centro tecnológico General Motors no Brasil, e já está sendo comercializados e mais de 40 países espalhados pela Europa, África, Oriente Médio,  América do Sul, o Brasil foi o primeiro país a receber o novo Chevrolet .
A nova linha do Chevrolet Cobalt 2012 e 2013 traz o maior porta-malas da categoria, com capacidade de 563 Litros, e com uma acessibilidade total, reforçando a versatilidade do modelo, um carro totalmente familiar, é o carro perfeito para semana de trabalho e compromissos sociais.
O novo Chevrolet Cobalt será equipado mundialmente com uma abrangente gama de motores – todos de quatro cilindros, que vão de 1.3 a 1.8 litros e utilizam três tipos de combustível, gasolina, etanol e diesel – que oferecem economia, força, desempenho e durabilidade.

A linha 1.4 Econo.Flex do Cobalt é um motor parecido ao que equipa os Chevrolet Agile e Montana, que tem o coletor de admissão em plástico e o sistema System Zero, que tem o gerenciamento controlado por torque, o que melhora especialmente a condução do carro, fornecendo respostas mais rápidas e reduzindo a emissão de poluentes.

A versão do Cobalt LS já vem logo de fábrica equipada com ar-condicionado e direção hidráulica. Além disso, também vem equipada com rodas de aço aro 15 e pneus 195/65 R15 . A mesma medida das versões intermediárias. Além do indicador digital, a LS também vem oferecendo o desembaçador traseiro, chave do tipo “canivete” com abertura a distância, trava elétrica de todas as portas e do porta-malas, encostos traseiro rebatíveis 60/40, encostos de cabeça com regulagem em altura e banco do motorista também vem  com a regulagem de altura.

Já na versão Cobalt LT, oferece tudo o que a LS tem e ainda mais um pouco, ela vem equipada com airbag duplo frontal, grades dianteiras cromada, coluna de direção com regulagem de altura para melhor postura, freios ABS e com EBD, vidros elétricos nas portas dianteiras e frontais, alarmes anti furto, muito além de pequenas diferenças como no interior em dois tons e no revestimento dos bancos.

A versão Cobalt LTZ, é topo de linha, eleva ainda mais nível de equipamentos oferecidos nos outros  segmento, trazendo, além dos itens encontrados na LS e LT, rodas de liga leve, farol de neblina dianteiro, com maçanetas internas e comandos do ar-condicionado cromados, barras cromadas na traseira, rádio AM e FM com leitor para CD e MP3, com Bluetooth e entrada USB, computador de bordo, espelhos retrovisores de regulagem elétrica e acionamento elétrico para todos os vidros.

Além de todos os benefícios o Chevrolet Cobalt 2012 e 2013 chega ao Brasil com até 3 anos de garantia.

O preço do Cobalt modelo LS é de R$39.980 a versão, LT no valor deR$43.780 e o modelo LTZ está no valor de R$45.980.

Fotos Cobalt 2012 e 2013:

Mais Dicas


Compartilhar -


Categorias: Carros

2 Comentários

  1. faio jose menezes ferreira disse:

    porque a chevrolett não fez a versão do colbat 1.6

  2. Renan disse:

    Adquiri a +- um mes atras um Cobalt LTZ 1.4
    Ate o momento estou gostando mto do carro; é confortavel, sua direção hidraulica responde rapido aos comandos e manobras evasivas.
    Meu sogro comprou o Cruze LT 1.8 e como ja dirigi tbm posso afirmar que as pessoas que gostam do Cruze mas nao tem condições de te-lo podem comprar um Cobalt que ficará bastante satisfeito, mas tem que comprar na versao LTZ pois só este é capaz de chegar com mto esforço aos pes do Cruze LT.
    E outra coisa o Cobalt 1.4 tem trauma de subidas ingrimes. Fiz um teste em uma subida e e sem parar ele foi de segunda marcha ameaçando morrer mas foi. No segundo teste eu parei no meio da subida e tentei retomar tirando bem o pé da embreagem para o carro nao voltar, quando acelerei o dito cujo morreu, na segunda tentativa de retomada eu tirei pouco o pé da embreagem fazendo ele descer um metro +- e pisei o acelerador, foi ai que fubiu mas com sacrificio.