Menor Aprendiz 2016 – Inscrição, Vagas

Como fazer a sua inscrição e vagas para o programa Menor Aprendiz em 2016

Hoje em dia podemos encontrar constantemente leis e serviços que visam justamente ajudar a todos os cidadãos brasileiros, desde os mais jovens até mesmo aqueles que já se encontram na terceira idade. Um dos programas mais conhecidos do Brasil é justamente o Menor Aprendiz, no qual a sua finalidade é voltada aos jovens estudantes brasileiros.

Para quem não abe o Menor Aprendiz é uma lei federal, isso mesmo, tal lei determina que uma parte do quadro de funcionários de uma empresa, deverá ser ligada a menores aprendizes, ou seja, jovens estudantes que neste caso podem ser chamados de estagiário. A lei não determina uma quantidade precisa, apenas exigindo menores aprendizes compondo o quadro de funcionários de certa empresa.

Para aqueles que estão interessados em participar deste programa, saiba que a boa notícia é justamente quanto ao fato das grandes empresas do país já estarem participando deste programa, ou seja, oferecendo suporte e oportunidade de emprego para jovens estudantes. Vale lembrar que aos 16 anos de idade é possível conseguir uma vaga através do Menor Aprendiz de uma grande empresa no país. Outro detalhe bastante interessante é que muitas empresas contratam jovens, com a finalidade de prepará-los futuramente para uma fixa na empresa.

Inscrições e Vagas

As inscrições para o Menor Aprendiz 2016 deverão estar abertas no início do mês de fevereiro, lembrando que muitas empresas já confirmaram o programa para 2016, pelo fato de muitos contratos estarem acabando pouco antes do período citado acima.

Quanto às vagas oferecidas pelo Menor Aprendiz saiba que são diversas e tudo irá depender da empresa na qual você irá se cadastrar no programa. Algumas das empresas que participam do Menor Aprendiz atualmente são: banco Itaú, Unibanco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Eletrobrás, C&A, Riachuelo denrte outras empresas.

Mais Dicas 2016

Comentários em Menor Aprendiz 2016 – Inscrição, Vagas
  1. luis matheus | Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *